Formação

A metodologia, princípios e fundamentos a serem aplicados, estão na base daquela que chamamos “Movimento Amalgama”, alicerçada na empática relação com o conceito de Dança Habilitativa (criado pela Dra. Graça Santos, colaboradora da Amalgama desde a sua fundação) e permeável a outros complementares, numa fusão mais holística do nosso trabalho.

Nesta Amalgama processa-se a fusão de elementos de correntes várias, nomeadamente Educação pelas Artes, Dança Habilitativa, Psicopedagogia da Educação Artística, Movimento Criativo, Terapias Expressivas, Qi Qong, Tai Chi, Meditação Criativa, entre diversas Técnicas e Linguagens de Dança. As oficinas são dirigidas a toda a Comunidade em geral, sem barreiras etárias ou de deficiências físicas/mentais. Subdividem-se em oficinas mais específicas, direccionadas nomeadamente a crianças, idosos, pessoas portadoras de deficiências. Todas as oficinas são orientados pelos mesmos princípios metodológicos, que foram estruturados, após processos de análise do trabalho em campo, os mesmos, são adaptados e desenvolvidos mediante os diferentes grupos ou temáticas propostas. Considerando a dança como um movimento globalizante e integrante de todo o corpo materiale imaterial, e assim conciliador do triângulo, corpo, mente e sentimentos, estabelece elos de comunicação entre o que se sente (interior) e o que se exprime (exterior). Acreditamos que a dança a todos deva chegar, e que através dela seja proporcionada uma melhor promoção das capacidades próprias, do auto-conhecimento, da expressão do “eu-profundo”, com a consequente melhoria da comunicação com os outros e com o meio. Permitindo também, e assim, um trabalho de balancé, o equilíbrio de auto-estima, o sentimento de Si, o resgate da espontaneidade perdida, o religar das emoções, e odesenvolvimento das competências físicas. A dquirindo ainda um valor de relação, onde a dimensão dos afectos está sempre presente. Por fim, propomos uma experiência sensitiva, comunicativa e expressiva, despertando aconsciência, e estimulando os sentidos, harmonizando as energias e abrindo espaço à redescoberta do indivíduo, através do movimento de um Corpo que reconhece a Alma e se conecta com o Espírito. «A Alquimia do Movimento» A música, a respiração, a visualização, o movimento, o ritmo, a criação e a espontaneidade, o corpo, a dança…e os outros, serão os ingredientes destas sessões.

«Deixar sentir para fazer dança»
A música, a respiração, a visualização, o movimento,
o ritmo, a criação e a espontaneidade, o corpo, a dança…
e os outros, serão os ingredientes destas sessões.